Manutenção Operacional para impressoras de grande formato

Manutenção Operacional para impressoras de grande formato


08/04/2020

Manutenção Operacional para impressoras de grande formato

Antes de tudo, precisamos entender que a Manutenção Operacional é a manutenção que o próprio operador realiza na impressora. Essas manutenções são importantes para preservar alguns itens do equipamento e garantir a qualidade de impressão, assim como aumentar a vida útil das peças.

Qual é o período ideal para realizar essa manutenção?

A manutenção operacional para impressoras de grande formato pode ser dividida por periodicidade e normalmente são realizadas diariamente e semanalmente. Em cada uma delas deverão ser revisados itens diferentes do seu equipamento.

Neste sentido, a variação das manutenções se diferencia dependendo da tecnologia da impressora em questão. Cada modelo tem itens específicos que deverão ser revisados, limpos e lubrificados.

Senso assim, podemos separar as impressoras em 2 grupos distintos. O primeiro grupo, os equipamentos de alta resolução. O segundo grupo os equipamentos de alta produtividade.

Manutenção operacional diária dos equipamentos de alta resolução.

O que precisa ser verificado? 

No começo do dia devem ser verificados os seguintes itens:

  • Verificar o nível de tinta nos cartuchos de tinta (para equipamentos com abastecimento contínuo)
  • Verificar se o tanque de descarte está cheio
  • Realizar um teste de cabeças (nozzle teste)  para verificar a condição das cabeças de impressão. Se houver falhas, realizar uma limpeza das cabeças.

No final do dia:

  • Limpar a borracha do Captop
  • Efetuar a limpeza do Wiper com solvente
  • Limpar a parte inferior do carro de impressão (embaixo da cabeça)

Para os procedimentos de limpeza acima, deve ser utilizado solução de limpeza (solvente, flush, etc.) e cotonete adequado e limpo.

Manutenção operacional diária dos equipamentos de alta produção.

Esses modelos de equipamentos não possui o Wiper e o Captop. Portanto, deverá ser feita a limpeza na estação de purgue e embaixo do carro de impressão porque dessa maneira é retirado o excesso de tinta que fica acumulado nesses locais.

Em alguns equipamentos que “dormem” com a tinta nas cabeças, é importante ser colocado o “cap” que é uma bandeja que vai embaixo das cabeças com solvente, assim evita-se o entupimento dos jatos.

Certos modelos de equipamentos é necessário remover toda a tinta da cabeça de impressão, passando solvente para que a tinta não seque na cabeça. Assim a cabeça deverá ser lavada diariamente.

Na manutenção operacional semanal para todos os modelos de impressoras

  • Limpeza da estação (onde fica o captop ou onde é feito o purgue)
  • Limpar o Platen (mesa de impressão) limpando os orifícios do vácuo
  • Limpeza da Guia Linear com desengripante (onde corre o rolamento do carro de impressão)
  • Limpar a fita encoder com álcool isopropílico

Uma observação importante: Não passe graxa na guia linear. O patins, que é aquele rolamento que fica atrás do carro de impressão é blindado. Logo, passando graxa na guia, o patins só irá empurrar a graxa e ela não será eficiente.

O Patins já possui graxa internamente e é auto lubrificante. Na manutenção preventiva, o técnico deve  injetar a graxa dentro dele nas quantidades adequadas.

A dica então, é limpar a guia linear com WD 40 em toda a sua extensão. Dessa forma, o excesso de graxa que o patins soltou é removido, junto com a poeira e é criado uma proteção para guia contra ferrugem.

Logo, esta limpeza é muito importante pois com o tempo poderá haver acúmulo de pó na guia e com a graxa faz com que o carro de impressão acabe ficando mais pesado e poderá gerar erros na impressora.

Veja o vídeo em nosso canal e entenda os detalhes.

 

Nossos Parceiros

Webeats Borssolani Store Planeta Plug Navegando e Aprendendo Desocultando Beleza Mgica Parcamp Impra Emprio Hookah